Sábado, 30 de Setembro de 2006

Calendário de actividades para a época de 2006/07

IV acampamento anual de início de época 

+

 Curso para Staff-Técnico

 

21 e 22 de Outubro 2006 - Martingança /Leiria (org.conjunta AMC / FPM)

 

 

Campeonato Nacional  de Mushing

1ª Prova 2 e 3 de Dezembro 2006 - Ramalhal /Torres Vedras

(organização conjunta   com a AMTV )

2ª Prova 6 e 7 de Janeiro 2007- S.Bartolomeu / Lourinhã

(organização conjunta com a AML)

3º Prova 3 e 4 de Fevereiro 2007 - Campo Maior

( apoio Cafés DELTA)

4ª Prova 25 de Fevereiro  (ou  4 de Março ) 2007 - Torre / S. Estrela

5ª Prova 10 e 11 de Março  2007Martingança / Leiria

(organização conjunta com a AMC) 

Taça de Portugal

31 de Março e 1 de Abril 2007 – Montemor-o-Velho

Outras Provas Homologadas pela FPM com envolvimento da AMTV:

- 2º Troféu ‘Trilhos do Oeste’ :

4 e 5 de Novembro  2006 - Martingança / Leiria

(Organização conjunta entre os clubes  AMTV, AML e AMC)

'RAID' do OESTE ( edição experimental) :  

14 e 15 Abril 2007 ( organização conjunta da AMTV e AML )

Encerramento oficial da temporada e dos festejos da comemoração de uma década do Mushing em Portugal. 

                             

 

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2006

Mais sobre a AMTV e o Mushing

Um dos desportos que se pratica em muitos países dos vários Continentes é o Mushing. O Mushing consiste em provas/corridas de tracção com cães (na neve ou em terra) e não obstante no panorama internacional existirem vários praticantes profissionais, o Mushing é um desporto amador onde a competição acontece durante um reduzido período de tempo (3/4 meses) sendo no entanto uma actividade que exige do musher uma atenção e dedicação de 365 dias por ano.

Para os que se pretendem iniciar neste desporto os conselhos primários da AMTV são:

-   Antes de decidir , adquirir muita informação sobre este desporto e tipos de cães a utilizar ;

- Depois de ter decidido ,  fazer-se sócio de um clube/associação que desenvolva esta  modalidade.

Apesar de em Portugal este desporto não ter qualquer tradição cultural, começou a dar os primeiros passos no nosso País em Outubro de 1996. Apareceu um clube nesse ano, no ano seguinte outro e depois logo outro, até que se funda a Federação Portuguesa  de Mushing (FPM) em 1999.

Uns anos depois, em 2005, e na sequência da extinção de um dos clubes de âmbito nacional, surge a ideia e a possibilidade de fundar um clube de Mushing no Concelho de Torres Vedras.

                   

A iniciativa parte de alguns entusiastas já “veteranos” na modalidade, ex-associados do extinto clube, que tinham como denominador comum o facto de serem apaixonados pela prática do Mushing e residirem na zona Oeste, essencialmente no Concelho de Torres Vedras. Começaram a pôr em prática a ideia e acabam por conseguir moldar uma estrutura e identidade à iniciativa de fundar um clube de mushing  de perfil regional,   que, não obstante, acolhe e integra  um qualquer praticante/simpatizante , oriundo de qualquer parte do país .

                 

Surge assim no dia 13 de Julho de 2005 a Associação de Mushing de Torres Vedras (AMTV).

                          

                                              

Para além de todos os encargos inerentes a um qualquer praticante de Mushing existe depois uma gradual diferenciação de praticante para praticante, uma vez que o Mushing tem várias Classes e Categorias: pode ser praticado desde com uma simples bicicleta e 1 cão, até 6, 8, 10, 12, 14… cães, utilizando nestes casos ora triciclos e  karts de quatro rodas, ora trenós de Sprint, (aquando das provas em neve) obrigando então a investir/possuir um conjunto mais completo de materiais/equipamentos indispensáveis à prática da modalidade bem como um maior investimento na nutrição e cuidados a ter para com os seus atletas caninos.

Importa acrescentar e salientar a grande capacidade psicológica e empenho necessárias , para encarar este desporto de uma forma competitiva, pois estes praticantes ( e as suas equipas de  cães) tem que superar e desvalorizar as condições climatéricas adversas próprias de um desporto ao ar livre, desenvolvido em plena Natureza durante o Inverno (chuva, vento, frio, neve,…) para além de outros aspectos particulares relativos ao contexto profissional e familiar de cada um.

                       

A Associação de Mushing de Torres Vedras foi criada com um forte pendor competitivo, embora o seu âmbito de actividades englobe outras variantes mais lúdicas e pedagógicas.

De acordo com a vertente principal, a competição, a divulgação do nome ‘Torres Vedras’ associada a este desporto, tem sempre no horizonte dos seus Mushers obter a melhor classificação possível seja em que prova for, no país ou no estrangeiro.

     

A A.M.T.V. faz parte da Federação Portuguesa de Mushing (FPM) desde Setembro de 2005.Este órgão é quem tutela superiormente esta modalidade em Portugal que, por sua vez, está integrada na Confederação do Desporto de Portugal e no Comité Olímpico de Portugal. A nível internacional a F.P.M. faz parte das organizações/instituições que superintendem este desporto tanto na Europa (E.S.D.R.A.) como a nível mundial (I.F.S.S.)

Contudo, e apesar de todos estes reconhecimentos formais e institucionais,a Federação Portuguesa de Mushing ainda não usufrui (tal como outras federações desportivas) do Estatuto de Utilidade Pública Desportiva, o que lhe permitiria aceder a verbas de modo a  viabilizar um maior apoio aos clubes e atletas e organizar provas com maior impacto. Estamos certos de que a nível federativo a A.M.T.V. tem beneficiado dos mesmos apoios que outros clubes em Portugal., mas como esses apoios são manifestamente insuficientes para organizarmos provas e apoiar atletas  (consubstanciam-se sobretudo ao nível da concessão de staff - técnico credenciado e algum material para apoio logístico) estamos conscientes de que os acontecimentos desportivos de qualidade não são obra do acaso e que  também só acontecem porque Autarquias, Empresas, Individualidades, Meios de Comunicação e Marcas prestigiadas a eles se associam. Vamos então mais uma vez manifestar os nossos agradecimentos e referenciar publicamente quem nos apoiou nesta 1ª época Desportiva da A.M.T.V., a saber :

CÂMARA MUNICIPAL DE TORRES VEDRAS - Grupo TOITORRES - UNITED FAMILY Empresa de projectos de Engenharia - Junta de Freguesia de A - DOS - CUNHADOS - Junta de Freguesia do RAMALHAL - BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE TORRES VEDRAS - ASSOC. DE SOCORROS DE A - DOS - CUNHADOS - Restaurante ADEGA DO MIGUEL- Jornal BADALADAS - Jornal FRENTE OESTE - MÓVEIS Stº AGOSTINHO -Empresa de nutrição animal NUTRITÉCNICA / KILINA - RÁDIO OESTE.

 

     A todos os que nos apoiam e connosco colaboram, o nosso MUITO OBRIGADO!

 

Contactos do Clube:

Sede : Avª 25 de Abril / Villa Amaral – ZIBREIRA

            2565 – 134 CARVOEIRA (TVD) 

Telefones: ArmandoAmaral:962758953 /   BrunoBonifácio: 919353134

                                           Luis Salgueiro: 918877717

 

 

 

Publicado por amtvmushing às 23:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 20 de Setembro de 2006

Em que é que o Mushing se pode comparar a uma Pizza?

Para os muitos que ainda superficialmente têm conhecimento desta modalidade desportiva, é bom salientar que o Mushing, apesar de desporto sazonal, envolve uma atenção e trabalho com os cães ao longo de todo o ano. Este envolvimento é intenso, especializado, rigoroso, e bastante  multifacetado, sendo “um caso à parte” no universo dos desportos caninos e muito provavelmente na  globalidade das relações estabelecidas entre o Homem e o Cão. Na grande maioria dos casos não se trata de estabelecer uma empatia e treinar física e psicológicamente um só cão, mas sim o conseguir isso de acordo com os perfis e capacidades individuais de toda uma equipa, montando adequadamente o “puzzle” tendo em conta a optimização de todos os cães envolvidos. Como pequeno exemplo de toda esta ‘engrenagem’ podemos elucidar os leitores que o simples posicionamento de um cão na linha ( à esquerda ou à direita)  pode influir no rendimento do animal. È um complexo conjunto de factores e cumplicidades que estão por detrás de uma simples imagem de uma equipa de mushing em prova.     

De facto, não é simples conseguir um bom desempenho colectivo nem sequer numa pequena equipa de 4 cães ( e mesmo assim, ‘o bom é inimigo do óptimo’).

Ao longo da temporada o musher terá de trabalhar no  aperfeiçoamento dos múltiplos aspectos inerentes à prática deste desporto, bem como ter a capacidade de fazer uma correcta leitura do “feedback” das acções que for desenvolvendo, tendo sempre em conta o individual em prol do colectivo.

 No final, ‘Um por Todos e Todos por Um’  funciona no Mushing tal como a base de pão de uma  Pizza, equivale  à “massa”  que sustenta, dá consistência e unidade  a toda uma amálgama de ingredientes e “temperos” que o musher “cozinhou” ao longo da temporada .

Depois, tal como a foto documenta, tudo parece simples aos olhos dos observadores:

                      

Terça-feira, 19 de Setembro de 2006

Os cães e as modalidades do Mushing

     Quando se fala de Mushing com alguma pessoa "de fora do meio" invariavelmente se constata que as referências que elas têm acerca deste desporto, passam sempre pelos cães de raça nórdica ( sobretudo o Siberian Husky) e as provas no Alaska. Ora bem... isso 'já era' , ou melhor, isso já não é só assim! O Mushing actual é um desporto que conta com praticantes  nos 5 continentes, é um desporto praticado em neve ou em terra e com cães de raça nórdica ou não!

     A par das clássicas raças nórdicas, em Portugal diversos praticantes já apareceram em prova ao lado de Pastores Alemães, Rottweilers, American Staffs, Castro Laboreiros, Bracos Alemães, Leões da Rodésia, Labradores, Cães "cruzados", etc, . São todos cães que têm em comum o gosto e dinamismo de correr em tracção e que pertencem a  donos  que têm em comum o prazer de com eles desfrutar de uma actividade "ao ar livre", em comunhão com a Natureza, seja participando a pé, correndo em Cani-Cross, seja  com bicicleta ou scooter, na modalidade de Bikejoring, seja utilizando um triciclo/kart, esquis ou ainda ... trenó.          

Publicado por amtvmushing às 23:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 7 de Setembro de 2006

divertido: DICIONÁRIO DE CÃO (& cadela)

DICIONÁRIO DE CÃO

esposa do cão- cãopanheira
filho do cão - cãochorro
padrinho do cão - cãopadre
primo do cão - cãobrito
matrimónio do cão - cãosamento
luta do cão - cãobate
arma do cão - cãonivete
música do cão - cãoção
luz do cão - cãodeeiro
roupa do cão - cãomisa
cão da russia- cãomunista
cão sem coragem - cãobarde
carro do cão - cãomião
rua do cão - cãominho
cão que faz música - cãopositor
cão da mesma terra - cãoterrâneo
amigo do cão - cãomarada
cão amigo - cãopanheiro
sino do cão - cãopainha
cão de porta - cãocela
cão negociante - cãomerciante
resfriado do cão - cãostipação
sinceridade do cão - cãofiança
oferecimento do cão - cãovite
promessa do cão - cãopromisso
arrependimento do cão - cãoversão
cão vencedor - cãopião
cão do campo - cãoponês
cão que convence - cãovincente
cão que trabalhou demais - cãosado
cão moderno - cãoputador

bando do cão - cãobada
ginástica do cão - cãobalhota                                                                                
natal do cão - cãosoada

Publicado por amtvmushing às 21:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 5 de Setembro de 2006

2 atletas da AMTV nomeados para a Gala CDP

A Confederação do Desporto de Portugal (CDP), promove pelo segundo ano consecutivo, a eleição dos Desportistas do Ano. Relativamente à modalidade Mushing, os atletas da AMTV , Carolina Pereira e Tiago Mendonça , integram o grupo de nomeados, concorrendo nas categorias de Melhor Atleta Feminino e Jovem Promessa, respectivamente. A cerimónia  de atribuição dos galardões aos atletas que no final, e em cada categoria, obtenham maiores votações, realizar-se-á a 16 de Novembro, no Casino do Estoril.

Os nossos parabéns a ambos!

Para votar clique em: 

 http://www.cdp.pt/content/view/1785/2/

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

.Pesquisar neste blog

.Notícias recentes

. X Taça de Portugal FPM

. Calendário de Provas 2009...

. BOAS FESTAS !

. prestação das equipas AMT...

. 2ª prova do Campeonato Na...

. AMTV - Dez. 07 /prova do...

.Notícias antigas

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Links

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds