Quarta-feira, 20 de Setembro de 2006

Em que é que o Mushing se pode comparar a uma Pizza?

Para os muitos que ainda superficialmente têm conhecimento desta modalidade desportiva, é bom salientar que o Mushing, apesar de desporto sazonal, envolve uma atenção e trabalho com os cães ao longo de todo o ano. Este envolvimento é intenso, especializado, rigoroso, e bastante  multifacetado, sendo “um caso à parte” no universo dos desportos caninos e muito provavelmente na  globalidade das relações estabelecidas entre o Homem e o Cão. Na grande maioria dos casos não se trata de estabelecer uma empatia e treinar física e psicológicamente um só cão, mas sim o conseguir isso de acordo com os perfis e capacidades individuais de toda uma equipa, montando adequadamente o “puzzle” tendo em conta a optimização de todos os cães envolvidos. Como pequeno exemplo de toda esta ‘engrenagem’ podemos elucidar os leitores que o simples posicionamento de um cão na linha ( à esquerda ou à direita)  pode influir no rendimento do animal. È um complexo conjunto de factores e cumplicidades que estão por detrás de uma simples imagem de uma equipa de mushing em prova.     

De facto, não é simples conseguir um bom desempenho colectivo nem sequer numa pequena equipa de 4 cães ( e mesmo assim, ‘o bom é inimigo do óptimo’).

Ao longo da temporada o musher terá de trabalhar no  aperfeiçoamento dos múltiplos aspectos inerentes à prática deste desporto, bem como ter a capacidade de fazer uma correcta leitura do “feedback” das acções que for desenvolvendo, tendo sempre em conta o individual em prol do colectivo.

 No final, ‘Um por Todos e Todos por Um’  funciona no Mushing tal como a base de pão de uma  Pizza, equivale  à “massa”  que sustenta, dá consistência e unidade  a toda uma amálgama de ingredientes e “temperos” que o musher “cozinhou” ao longo da temporada .

Depois, tal como a foto documenta, tudo parece simples aos olhos dos observadores:

                      

Publicado por amtvmushing às 00:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
2 comentários:
De Diamantino Moreira a 20 de Setembro de 2006 às 17:40
Parabéns! Gostei muito de ler o texto e de conhecer o blog! Também tenho uns Siberian Huskies e quem sabe um dia faço-os uma visita pessoalmente!
Boa sorte para as provas!
De amtvmushing a 20 de Setembro de 2006 às 18:21
Obrigado pelos elogios, ainda bem que gostou!
Apareça pois certamente não dará o seu tempo como perdido!
Já agora aproveito para infomar que, embora a raça Siberian Husky esteja vocacionada para este tipo de actividade, qualquer cão a poderá praticar e que existem por todo o mundo milhentos casos de cães de outras raças puras e hibrídos ( cães sem raça definida) que estão envolvidos neste desporto!
Desde que tenha prazer e ganas em correr, à partida já tem tudo para singrar! Depois será uma questão de comprovar a apetência correndo com um arnês colocado e ligado a alguém ou algo (bicicleta por ex.) por detrás, que ignore quando estiver em movimento!

Comentar post

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

.Com o apoio:

.Pesquisar neste blog

.As melhores fotos:

.Notícias recentes

. X Taça de Portugal FPM

. Calendário de Provas 2009...

. BOAS FESTAS !

. prestação das equipas AMT...

. 2ª prova do Campeonato Na...

. AMTV - Dez. 07 /prova do...

.Enjoy !

Music Video Codes by VideoCure

.Notícias antigas

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.treino na Noruega , utilizando moto4

.Links

.FPM

já nos visitaram:



blogs SAPO

.subscrever feeds